FROM THE BLOG

Retrospectiva 2017: análise de desempenho dos projetos

Um novo ano está começando e, com ele, um ciclo se fecha e outro se abre na realidade da gestão de projetos.

Mesmo que o seu projeto ainda não esteja finalizado, ou seja, com seus objetivos iniciais cumpridos, o ciclo anual é uma milestone importante de se considerar. Para começar 2018 de forma mais assertiva, é essencial realizar a análise de desempenho dos projetos.

Você sabe como realizar essa avaliação? Quais informações considerar? Se não, este artigo foi feito para você. Continue a leitura para entender como elaborar o melhor relatório de desempenho anual para o seu projeto!

 

A importância da análise de desempenho dos projetos

 

A análise de desempenho dos projetos feita de forma anual é muito importante para identificar suas vitórias no decorrer do ano, assim como entender o que é possível melhorar para o próximo.

O seu projeto muito provavelmente possui suas próprias metas, e é muito comum que elas sigam um calendário bem definido, que encerram seu ciclo dentro do projeto quando o ano também se finda.

Dessa forma, mesmo que o seu ainda não tenha sido concluído, realizar a análise de desempenho dos projetos anualmente é crucial para entender como ele se comportou durante o ano. Essas informações vão mostrar:

 

  • Ganhos: o que o projeto representou em ganhos para a empresa, tanto em expertise quanto financeiramente, dependendo da sua área de atuação;

  • Conformidade: a análise de desempenho dos projetos torna possível entender se o projeto esteve de acordo com os valores da empresa e normas regulamentadoras;

  • Rendimento dos colaboradores e da gestão: quando você realiza a análise de desempenho dos projetos de forma anual, é possível entender o rendimento de todos os envolvidos nele, inclusive o da gestão. As metas foram concluídas no prazo? Quais foram as responsabilidades assumidas pelos colaboradores? Todos esses dados trazem interpretações valiosas.

  • Áreas a desenvolver: é possível entender o que é necessário desenvolver melhor para obter mais produtividade, lucro, motivação e satisfação. Pense em seus pontos fortes, aqueles que você já domina, e os fracos, que podem ser repensados.

 

Como realizar a análise de desempenho dos projetos?

 

Para fazer uma boa análise, você precisa entender a diferença das abordagens e as informações específicas que elas trarão na sua retrospectiva.

Cada uma dessas abordagens, que podem ser objetivas ou subjetivas, em um escopo que foca o projeto, os colaboradores ou a gestão, deve ser analisada em um primeiro momento de forma isolada, depois convergida para interpretações mais amplas.

Veja como fazer a análise de desempenho:

 

Análise objetiva

Na análise objetiva, você deve levar em conta os aspectos práticos do projeto, como as metas do ano, se os prazos imaginados no planejamento anual foram cumpridos e se o projeto ofereceu lucro para a empresa — tanto no nível financeiro como no operacional.

Com a junção dessas informações, é possível fazer uma análise de desempenho dos projetos focada nos números e indicadores, que são medidas exatas e objetivas e, a partir daí, entender se no aspecto prático o projeto pôde ser considerado viável durante o ano.

 

Análise subjetiva

Essa análise está mais centrada não somente na quantidade de trabalho realizado e nos números, mas no que foi feito para se atingir esses resultados.

A gestão de tempo foi bem realizada durante o ano? Colaboradores-chave sofreram com o overworking enquanto outros não foram delegados a funções fundamentais? Como o projeto lidou com os riscos durante o ano? Foram elaborados planos de resposta contundentes?

Todos esses dados são importantes para criar o panorama de sucesso dos projetos, não apenas objetivamente, mas sim de forma mais ampla, o que irá trazer um entendimento muito maior do seu rendimento real.

 

Análise dos colaboradores

Para entender a saúde de um projeto ao longo do ano, é fundamental que se entenda como os seus colaboradores trabalharam nele.

É necessário entender se eles se sentiram motivados durante o ano, se aprenderam novas skills, se procuraram se desenvolver e como foi a sua rotina de trabalho.

Com esse entendimento, é possível compreender como os seus colaboradores enxergam o projeto e como eles o transformam, o que é um passo decisivo para realmente entender como o trabalho se desenrolará no próximo ano.

 

Análise do gestor

Com a ajuda do seu PMO, é crucial que você entenda como foi a sua própria performance, quais foram os seus pontos fortes e fracos, para que você consiga melhorar no próximo ano e aplicar as habilidades de maior aproveitamento. Que tal pedir o feedback dos colegas, dos stakeholders, dos seus chefes e dos seus subordinados?

Quando você identifica acertos e erros na sua própria gestão com um olhar analítico, o seu trabalho provoca maior rendimento e motivação, o que impacta diretamente no sucesso do projeto durante o próximo ano.

 

Viu só como fazer a análise de desempenho dos projetos não é tão complicado assim? Para mais informações como essas, não deixe de acompanhar nosso blog!

Leave a comment

Redes Sociais

Mantenha-se atualizado com nosso conteúdo através da sua rede social favorita.