FROM THE BLOG

Você sabe o que é resiliência em gestão de projetos?

Em um ambiente de negócios atual bem mais complexo, liderar equipes de projetos tornou-se uma atividade extremamente estratégica. Essa liderança exige do gestor de projetos uma característica fundamental: resiliência. Você sabe o que é isso? Se ainda não sabe, vamos explicar por que a resiliência em gestão de projetos é fundamental para manter uma equipe focada e capaz de lidar com diferentes cenários e desafios.

 

O que é resiliência?

O que fazer quando tudo dá errado? A resiliência é uma competência essencial para lidar com problemas com o máximo de flexibilidade, adaptando-se às condições desfavoráveis. Em meio a crises e grandes transformações que um projeto pode gerar, essa competência tem sido cada vez mais procurada nos profissionais. Ao recuperar-se e ajustar-se facilmente a mudanças, o profissional transforma o estresse em energia positiva.

 

Características de profissionais resilientes

Pessoas que lidam bem com estresse físico e psicológico geralmente acreditam em três coisas que profissionais menos resilientes acabam esquecendo diante de problemas:

 

  • Comprometimento: o projeto é importante e por isso vale a pena se empenhar.

  • Controle: suas ações são capazes de influenciar o resultado dos acontecimentos.

  • Desafio: enxergam exigências de um projeto como oportunidades, e não como ameaças.

 

Como a resiliência afeta a gestão de projetos

A resiliência pode gerar vantagem competitiva em projetos, já que ajuda na condução de conflitos e situações de crise. Há diversos benefícios em manter o foco diante das adversidades na execução de um projeto. Com uma equipe mais resiliente, o ambiente de trabalho fica mais equilibrado, agradável e fomenta a troca de ideias e os feedbacks.

 

Veja alguns dos benefícios da resiliência em uma equipe de projetos:

 

  • Emoções controladas;

  • Maior empatia;

  • Articulação em apoios estratégicos;

  • Proatividade;

  • Flexibilidade;

  • Mais iniciativas para tomada de decisões e resolução de problemas;

  • Persistência na resolução de problemas;

  • Maior compreensão do projeto como um todo.

 

Em suma, uma equipe mais autossuficiente, flexível e articulada poderá lidar facilmente com problemas e desafios ao longo do projeto, atuando com o mesmo senso de propósito.

 

Dicas para desenvolver resiliência em gestão de projetos

A resiliência é uma habilidade, podendo ser aprendida e desenvolvida por qualquer pessoa. Veja, abaixo, algumas dicas para desenvolvê-la:

 

  • Idealize os objetivos do projeto, já que sonhar com um projeto é confortante e reduz a ansiedade;

 

  • Utilize métodos práticos de gerenciamento;

 

  • Mantenha a harmonia, ponto de apoio essencial para recuperar-se;

 

  • Amplie os conhecimentos e a autoconfiança;

 

  • Assuma riscos calculados;

 

  • Use a criatividade para solucionar problemas complexos;

 

  • Pratique esportes, métodos de relaxamento e meditação;

 

  • Seja mais otimista;

 

  • Aprimore o senso de humor para desarmar os pessimistas;

 

  • Saiba diferenciar quem você é dos resultados do que você faz;

 

  • Permita-se sentir e recuar para, em seguida, retornar ao estado original.

 

 Ser criativo e encontrar soluções, ainda que com poucos recursos, é um desafio diário na rotina de um gestor de projetos. Mesmo assim, a resiliência é, mais do que nunca, valorizada pelo mercado de trabalho. Quem não quer em sua equipe alguém capaz de se manter otimista e com alto desempenho mesmo em situações adversas?

 

Você sabia que a inteligência emocional é uma capacidade que tem tudo a ver com resiliência? Saiba mais sobre inteligência emocional na gestão de projetos!

Leave a comment

Redes Sociais

Mantenha-se atualizado com nosso conteúdo através da sua rede social favorita.